Evite a conversão do PayPal para não ter problemas com câmbio

Muitas lojas utilizam o PayPal para intermediar as compras dos clientes no Brasil e no exterior. Por padrão o serviço envia o total da transação em reais mesmo que ela tenha sido feita em moeda estrangeira, realizando a conversão antes.

Isso é problemático pois, a compra tendo sido feita no exterior, mesmo convertida para a moeda brasileira, terá incidência de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). E o câmbio do banco às vezes está melhor. O pior é quando algumas instituições vão além.

Ao receber a cobrança pré-convertida em reais, ela é convertida de novo para dólar, então de volta para reais e acrescentado o IOF. Daí se você gostou da conversão do PayPal e achou que iria pagar somente aquilo, engana-se em qualquer cenário.

Mesmo que a administradora do seu cartão aceite o total em reais conforme recebido e não faça novas conversões, será cobrado IOF no fechamento da fatura. O valor da compra pode aumentar mais ainda caso seu banco faça as re-conversões.

Então para evitar dores de cabeça, é melhor dizer para o PayPal enviar a cobrança na moeda estrangeira original e deixar que o banco emissor do cartão cuide do câmbio. Para fazer o serviço se comportar desta forma, siga esses passos:

Configurando a conversão de moedas

Opções de conversão de moeda do PayPal
Opções de conversão de moeda do PayPal
  • Acesse sua conta do PayPal;
  • Clique na engrenagem no canto superior direito ao lado do botão Sair;
  • Clique em Pagamentos e depois Gerenciar pagamentos recorrentes;
  • Role a página até ver na barra lateral esquerda o link Gerenciar pagamentos recorrentes;
  • Clique em no link Definir meios de pagamento disponíveis presente na tabela;
  • No cartão de crédito que você usa para compras internacionais, clique em Opções de conversão;
  • Por fim, marque Quero que a cobrança seja feita na moeda internacional usada pelo vendedor e clique em Enviar.

Repita o processo para todos os cartões internacionais existentes em sua conta. A culpa não é do PayPal, mas sim da legislação brasileira e dos bancos. Além disso, o serviço de intermediação de pagamentos apenas converte e não inclui o IOF.

Para saber afinal quanto vai pagar, será preciso esperar até o fechamento da fatura e torcer para que a moeda estrangeira esteja mais barata do que no dia da compra. Mas isso vai mudar em 2020 quando os bancos terão que realizar o câmbio no dia do débito.

Acompanhe pelas redes sociais