Como já deve ter percebido, o Facebook não é confiável para cuidar de nossas informações. E não é a primeira vez que ele faz o que não deveria. Com isso, até o co-fundador do WhatsApp recomendou que as pessoas excluíssem suas contas.

Porém nem sempre podemos simplesmente fazer isso, seja lá por qual motivo. Mas existem ações que evitam compartilhar muitos dados com a rede social. Assim limitamos o que ela pode fazer com seus detalhes.

Retire todas as informações do seu perfil

É ótimo divulgar onde você trabalhou e estudou visando se conectar com ex-colegas e fazer networking com outras pessoas. Mas sabendo o que o Facebook pode vir a fazer com esses dados, é melhor despir seu perfil de todas essas informações.

Seu perfil revela bastante coisas sobre você, mas para evitar que isso aconteça, acesse sua página e clique em Editar Perfil. Na canetinha do lado direito de tudo o que não deseja compartilhar, clique em Opções e depois em Excluir.

Descendo a tela, você pode remover as informações de check-ins, interesses e tudo o que você já curtiu. Fazer isso tudo não significa necessariamente que será esquecido pela rede social, já que ela pode manter esses dados internamente.

Limpar seu perfil impede que os aplicativos aos quais você se conectar no futuro tenham acesso a esses dados, evitando que você se torne vítima de escândalos como o atual. Se quiser ir além, o Gizmodo sugere parar de interagir tanto com a rede social.

Essa parte certamente será difícil para muita gente, mas saber o que você curte, comenta, compartilha, os eventos que você sequer marcou Talvez… Tudo isso diz muito sobre você e se quer evitar isso, evite também interagir desta forma.

Outra dica importante e que ainda vai lhe render mais duração de bateria é desinstalar o aplicativo do Facebook e usar apenas a versão web. Assim, a rede social não vai saber sua localização geográfica, hábitos no smartphone nem ouvir suas conversas.

Brincadeira quanto a esta última parte, existem apenas suspeitas sobre isso. Bom, outra coisa que você pode fazer é ativar notificações por email, assim você fica sabendo do que elas se tratam sem abrir o Facebook.

Sabe aquela faxina na lista de amigos e grupos? Você pode aproveitar e fazer isso agora também. Desfaça a amizade com pessoas que você não interage ou não precisa estar conectado e saia de grupos que só fazem spam na sua linha do tempo.

Através desta página nas configurações, você pode evitar que outras pessoas publiquem no seu perfil e avaliar qualquer marcação que seus amigos façam antes que sejam publicadas. Bloqueie isso tudo se quiser manter a discrição.

Desconecte aplicativos de terceiros

O escândalo atual já mencionado nesse texto aconteceu através de um app de terceiros que oferecia testes de personalidade e coletou dados de mais de 50 milhões de pessoas. Quanto mais aplicativos você tem conectado à sua conta, mais exposto você está.

Para resolver isso, vá até a página de Aplicativos e clique no botão de remover (um X pequeno) em cada app. Poupe apenas aqueles que são realmente úteis para você e nos quais você confia seus dados.

Confirme novamente a remoção e limpe a consciência. Fique ciente de que aquilo que já foi coletado pelo aplicativo está fora de alcance e não foi excluído com esta ação. Agora clique em Editar em Aplicativos que os outros usam.

Desmarque sem piedade todas as caixinhas que você ver. Assim, mesmo aquele amigo que ama testes de personalidade suspeitos, vai compartilhar apenas os dados dele sem que os seus sejam incluídos no pacote.

Olho nas configurações de privacidade

O Facebook rastreia você mesmo quando não está acessando as páginas da rede social. É possível limitar isso através da página de Anúncios. Em Configurações de Anúncios, coloque Não em todas as opções.

Fique à vontade para remover tudo o que desejar em Seus Interesses também. Se quiser ir além e limitar ainda mais o que o Facebook coleta mesmo quando você não está navegando por ele, venha nesta página.

Encontre o Facebook e marque a caixinha Opt out. Você também pode fazer o mesmo com todas as demais empresas com as quais não quer compartilhar muitas informações. É necessário repetir o processo em todos os navegadores que você utilizar.

Muitas outras configurações de privacidade do Facebook permitem limitar quem mais pode ver os seus dados. Isso, porém, não chega a afetar o que é coletado pela rede social a seu respeito.

O melhor a fazer quando não se pode excluir a conta é limpar o máximo de rastros que você puder e usar o mínimo possível do serviço no futuro. Mas espere, tem mais uma coisinha que você pode fazer.

Complementos a favor da privacidade

Você pode usar o uBlock Origin ou o Nano Adblocker para bloquear – além de anúncios – rastreadores e outras coisas irritantes. Há ainda o Privacy Badger, o AdGuard DNS, o NoScript, o Disconnect e o Ghostery.

O AdGuard DNS presente na lista acima é apenas uma das ferramentas oferecidas pelo serviço e dispensa complementos. O bloqueio dos anúncios e rastreadores acontece antes que eles alcancem seu navegador ou rede local.

Bom, algumas coisas nesse texto certamente podem ser consideradas por muitos como paranoicas ou exageradas. Como a parte que fala para interagir menos com o Facebook, o que meio que tira a graça de uma rede social.

Porém você não precisa seguir toda e cada dica se não quiser. Mas com certeza algumas delas são bem interessantes para se por em prática. Vivemos numa era em que viramos o produto quando o serviço ofertado é “gratuito” e isso não se limita ao Facebook.