Ecosia transforma suas buscas na internet em árvores

Muita gente prefere realizar suas pesquisas na internet usando o Google, o Bing ou até mesmo o DuckDuckGo. Mas existem aquelas pessoas que passaram a ajudar o meio ambiente enquanto fazem isso.

Elas começaram a usar um buscador chamado Ecosia, que traz com ele a proposta de ajudar o planeta. Sempre que você faz pesquisas ou clica num anúncio presente na página de resultados, uma árvore é plantada.

O sentido da existência dele é esse mesmo, tanto que — após pagar as contas — 80% da receita é voltada para a boa ação. Para mostrar que o serviço realmente está sendo feito, eles publicam relatórios regularmente.

Até o momento, mais de 65 milhões de árvores foram plantadas pelos usuários do buscador nos locais que mais precisam delas no mundo (incluindo o Brasil). A meta do Ecosia é alcançar a marca de 1 bilhão delas.

Locais do mundo onde o Ecosia planta as árvores. Foto: reprodução.

Você pode colaborar passando a fazer suas pesquisas através deste serviço. Se você usa o Waterfox ou Vivaldi, eles já vêm com o Ecosia. Caso use um navegador mais popular como o Chrome ou Firefox, acesse este link para saber como adicionar.

Há ainda um app para smartphone. Mas se preferir, simplesmente clique aqui e faça sua pesquisa. Os resultados usam o banco de dados do Bing como fonte acrescentando algoritmos desenvolvidos pelo próprio Ecosia para refinar as coisas.

Para usar outras fontes de resultados, você pode clicar em “More” para retornar listagens do Google, Wikipédia, YouTube ou Amazon sobre o termo pesquisado. Um contador no canto superior direito mostra quantas árvores você ajudou a plantar.

São necessárias cerca de 45 buscas para que seja arrecadado o suficiente para plantar uma árvore. Dependendo do número delas e do número de cliques nas propagandas, pode ser possível plantar uma nova árvore a cada 2 segundos.

Contador mostra quantas árvores você ajudou a plantar. Foto: reprodução.

Mesmo que você use um bloqueador de anúncios, não há problema. Com mais usuários ativos fazendo pesquisas, o Ecosia se torna mais atraente para anunciantes que vão aparecer para quem permite publicidade.

Sobre a sua privacidade, ao contrário de outros buscadores, seus dados não são vendidos para anunciantes nem existem rastreadores de terceiros nas páginas. Todas as buscas são anonimizadas (transformadas em anônimas) semanalmente.

Desde a versão inicial deste post em 2018, o Ecosia ganhou alguns recursos interessantes que o aproxima dos buscadores mais populares. Por exemplo, agora é possível fazer contas matemáticas e também converter moedas.

Fundado no ano de 2009 por Christian Kroll, o Ecosia foi desenhado desde o início para ser um projeto autossustentável enquanto fornece o máximo de apoio financeiro possível para providenciar o plantio das árvores.

O objetivo de Kroll era criar um modelo de negócios com impacto social positivo. Assim, os usuários de seu buscador podem fazer parte de um “ativismo baseado em cliques” que realmente funciona.

Eles passam a colaborar com o meio ambiente enquanto desempenham suas atividades diárias que envolvam pesquisas na internet. Se você ainda não plantou sua árvore hoje, essa é uma boa hora para começar.