Veja como ajudar as vítimas do desastre ambiental em Brumadinho

Ontem o Brasil recebeu a notícia de que outra barragem da Vale rompeu e causou uma enxurrada de lama em Brumadinho/MG. Várias empresas e instituições lançaram campanhas de arrecadação de alimentos e mantimentos para as vítimas.

Post em desenvolvimento…

Residentes em outros estados

Se você não mora em Minas Gerais, não tem problema.

  • Arquidiocese de Belo Horizonte: a instituição está recebendo doações em dinheiro através de conta no Banco do Brasil. O beneficiário é o Vicariato Episcopal para a Ação Social e Política, a agência é a 3494-0 e a conta corrente é a 26227-7. Para doações originadas de contas em outros bancos, o CNPJ é esse: 17.505.249/0280-80;
  • Brumadinho Pede Socorro: para auxiliar na compra de mantimentos, medicamentos e colaborar nas ações emergenciais, foi criado um Catarse para receber doações em dinheiro destinadas às vítimas do desastre;
  • iFood: o aplicativo de delivery de comida está colaborando através de uma ação neste fim de semana onde você faz um pedido pelo aplicativo e as vítimas de Brumadinho recebem um prato de comida;
  • Leroy Merlin: se você mora numa cidade com uma loja desta rede pode se dirigir até ela e levar os itens que deseja doar;
  • Rappi: o aplicativo de delivery está doando água mineral para os atingidos pelo desastre em Brumadinho. Para saber como doar esse e outros mantimentos, clique aqui;
  • Arrecadação em São Paulo: residentes no estado podem ingressar neste grupo de WhatsApp com pessoas mobilizadas em prol de ajudar a população da cidade mineira;
  • Rede de shoppings Multiplan: se você mora numa cidade com um shopping dessa rede, pode se dirigir até ele com os itens que deseja doar. A campanha está arrecadando água mineral, produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis. Os centros de compras estão localizados no Rio de Janeiro, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná, Distrito Federal, Salvador e Alagoas.
  • Shoppings Ancar Ivanhoe: os centros de compras desta rede iniciaram uma campanha na Benfeitoria para arrecadar R$ 40.000 destinados às vítimas do rompimento da barragem;
  • Empório Coisas de Minas: as lojas desta rede também estão recebendo doações para a população de Brumadinho;
  • UniSociesc: atuando em cidades do sul e sudeste do Brasil, a instituição de ensino está participando dos esforços em prol das vítimas da represa rompida;
  • Hamburgada do Bem: o ponto de arrecadação de água e produtos de higiene fica na Rua Dona Olinda de Albuquerque, 202, Centro de Guarulhos em São Paulo. O mutirão acontece domingo dia 27/01, das 11h às 16h, e nos dias 28 e 29/01 das 10h às 18h. O caminhão com as doações sai em viagem para Minas Gerais na quarta;
  • Caixa Econômica Federal: uma conta poupança está recebendo doações em dinheiro que serão encaminhadas para a Defesa Civil. Os dados são os seguintes: Juntos por Brumadinho, agência 2808, operação 013, conta 3-5. Não foi informado um CNPJ para transferências vindas de outros bancos. Foram liberados ainda saques do FGTS no valor máximo de R$ 6.220 para a população de Brumadinho e quem havia contraído empréstimos com o banco na cidade ganhou carência de até 90 dias para contratos existentes e até 60 dias para novos, postergando os pagamentos. Além disso, toda a população da cidade não terá o pacote de tarifas cobrado pelos próximos três meses. Até os empresários ganharam condições similares;
  • Banco do Brasil: em parceria com a Prefeitura de Brumadinho, o Voluntariado Banco do Brasil criou a seguinte conta para receber doações em dinheiro: SOS Brumadinho, agência 1669-1, conta corrente 200-3, CNPJ: 18.363.929/0001-40. Esta é a conta oficial, cuidado com uma mensagem que circula nas redes sociais com uma conta falsa;
  • Uber Eats: procure pelo restaurante Juntos por Brumadinho no aplicativo e doe para as vítimas do desastre;
  • MBL: o Movimento Brasil Livre reuniu uma lista com os locais já mencionados neste post e alguns outros espalhados pelo Brasil. Todos eles foram postos no mapa que você encontra ao final deste texto.

Residentes em Minas Gerais

Se você mora no estado onde o desastre aconteceu, confira os locais onde pode levar mantimentos:

  • Arquidiocese de Belo Horizonte: leve suas doações até o endereço Rua Além Paraíba, 208, no bairro Lagoinha;
  • Bloco Volta Belchior: estão recebendo doações neste sábado desde as 12h na Rua Mármore, 178, bairro Santa Tereza;
  • Bloco Vou Ali e Volto: as doações poderão ser entregues neste domingo (27) a partir das 10h da manhã. O endereço fica na Praça Capela Nova, 122, bairro Minas Brasil;
  • Faculdade Asa: uma base de apoio à população foi instalada pelas autoridades nesta faculdade que fica na rodovia MG-040, na altura do quilômetro 49, em Brumadinho. Nela estão sendo centralizadas as informações e doações de água mineral, artigos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis para as vítimas do desastre. Aos interessados em doar, entrem em contato com a Defesa Civil pelo número (31) 3571-6067 ou no endereço R. Donatila Henrique da Silva, 227, bairro Lourdes na capital mineira;
  • Hotel Fasano: localizado na rua São Paulo, 2320, no bairro Lourdes, está recebendo mantimentos como água mineral, alimentos não-perecíveis e itens de higiene pessoal. O estabelecimento recolhe as doações durante seu horário de funcionamento e no decorrer da próxima semana;
  • Campanha S.O.S. Brumadinho: os centros de compras Pátio Savassi, BH Shopping e Diamond Mall estão recebendo itens de higiene pessoal, alimentos não-perecíveis e água. Os interessados em doar devem procurar o setor de Concièrge nos estabelecimentos mencionados.
  • 99: a empresa de transporte por aplicativo está colocando sua frota de motoristas à disposição de quem quiser fazer uma corrida mas também doar aos atingidos pela lama. Basta solicitar um motorista e ao fim do trajeto deixar com ele itens como água, roupas em bom estado e alimentos não perecíveis. Interessados podem ainda levar os mantimentos neste sábado (26/01), das 09 às 14h, e de segunda a sexta, das 09 às 16h30, até 11/02 na Casa99. O endereço fica na Rua dos Aimorés, 1167, bairro Funcionários;
  • Hemominas: você pode doar ainda seu próprio sangue e ajudar as vítimas que precisem de atendimento médico. Para isso, o Hemominas está recebendo doadores principalmente de sangue tipo O- (O negativo), que é considerado universal, no seguinte endereço: Alameda Ezequiel Dias, 321, Santa Efigênia, Belo Horizonte;
  • Iniciativa de estudantes universitários: você pode levar água, alimentos não perecíveis, roupas, cobertores, medicamentos humanos e veterinários, artigos de higiene pessoal e limpeza e de primeiros socorros no Hospital Veterinário UniBH,
    Diretório Acadêmico Medicina Veterinária da UFMG (portaria em frente ao Mineirão), Centro Universitário Newton Paiva [01, 02, 03], Faculdade de Estudos Administrativos de Minas Gerais (FEAD) de segunda a sexta, das 8h às 18h;
  • Supermercados Gomes: as lojas desta rede estão recebendo doações e você encontra mais informações no Instagram do estabelecimento;
  • Caixa Econômica Federal: a agência do banco estatal na cidade de Brumadinho não foi atingida e vai abrir uma hora mais cedo e fechar uma hora mais tarde na segunda (28). Além disso, um caminhão-agência será instalado para reforçar o atendimento bancário na região. As agências na cidade de Brumadinho, Contagem e Belo Horizonte estarão recebendo alimentos, água, roupas, material de higiene, limpeza e outras doações aos afetados.

Ajuda psicológica e de voluntários

Se você é psicólogo, médico, assistente social ou deseja se voluntariar para ajudar a população de Brumadinho, a Plataforma Transforma Brasil está inscrevendo os interessados em parceria com a ONG mineira E-Missão.

Os voluntários vão ajudar nos cuidados médicos, sociais e na limpeza e separação dos donativos, além de atuar também na arrecadação. Já são mais de três mil pessoas inscritas de todos os pontos do país.

Defesa Civil suspende a arrecadação

Atualização: No momento a Defesa Civil diz que os suprimentos já são o suficiente e pedem que tomem cuidado com pedidos de doação falsos. O perímetro de segurança também foi aumentado na região do desastre e novos voluntários só poderão ser chamados conforme for necessário. Não cheguem lá de supetão.

Mapa dos locais de doação

Reuni em um mapa os pontos de arrecadação de doações em diversas cidades pelo país. Dê um zoom para ver outros pontos numa mesma região.

Conhece outros pontos de recolhimento de doações? Entre em contato.

Você gostou do que leu? Dê um Amei! 0